Infelizmente temos a cultura do “camisa 10” e damos muito mais valor para o craque do que para a perfomance do time como um todo.

Estive envolvido em um evento na última semana, com foco no desafio do engajamento para a alta perfomance. Durante a apresentação, um dos palestrantes disse que tinham na empresa um programa que encorajava todos os funcionários a assumir responsabilidades, desenvolvendo projetos, com praticamente total autonomia, sem a necessidade de grandes aprovações até o investimento final.

Um dos cases apresentados foi o de um estagiário que desenvolveu um projeto com um retorno de 10 milhões de reais para a empresa.

Primeiramente, houve um grande burburinho no auditório, mas o que mais me impressionou foi que 99% das pessoas que estavam participando deste evento quiseram saber mais sobre o estagiário ao programa que o revelou.

Este exemplo se encaixa perfeitamente em uma das famosas frases do Steve Jobs: “Não tem sentido contratar pessoas inteligentes, e depois lhes dizer o que deve ou não fazer!”

Fica a seguinte provocação. Quanto nossas organizações estão deixando de ganhar por não saber gerir talentos?

 

11 View

Leave a Comment