Sabe quem é este ao meu lado na foto?

Sábado levei meu carro para trocar os pneus. O tempo de espera estava em torno de 60 min. Procuramos um lugar tranquilo para sentar, ler e comer alguma coisa. Pedimos um UBER. Lembro-me de ter brincando com ele sobre o tamanho da fome que estávamos. Ao chegar no nosso destino acabamos nos entretendo com uma feirinha de artesanato e sentamos em um lugar totalmente diferente que o UBER tinha nos deixado.

Após uns 30 minutos, vi o Adriano, motorista da UBER, adentrar ao local com um sorriso largo no rosto. Levantou a mão e mostrou o meu Kindle que tínhamos esquecido dentro do carro dele. Sorrindo ele me disse: “Ainda bem que achei vocês. Voltei ao local que tinha os deixado e fiquei pensando onde alguém com muita fome poderia ir?” Na mesma hora, lhe ofereci uma gorjeta e ele, educadamente, recusou e comentou: “É o mínimo que qualquer pessoa deveria fazer!”.

Simplesmente não acreditei! Ele teve que retornar, estacionar o carro e ficar nos procurando!

Vai precisar de um transporte para se deslocar em BH e região? Mais do que um simples translado, o Adriano oferece segurança e honestidade, valores incomensuráveis nos dias de hoje. Contato: Adriano Fonseca (31) 99313-3968.

Read More


Você está preparado para um mercado onde as informações serão o produto de maior valor agregado?

A habilidade de se expressar de maneira simples, clara, objetiva e eficiente, transformando informações, fatos e dados em mensagens é o grande diferencial para este novo momento do mercado.

Seja dentro ou fora do mundo corporativo defendendo a sua ideia em uma reunião, apresentando uma palestra ou dividindo fatos com amigos, a comunicação efetiva é uma competência essencial para quem quer se destacar!

No próximo dia 08/11, estarei em Brasília, realizando em parceria com Amcham-Brasil o Workshop Inteligência Coletiva, um evento focado do desenvolvimento da habilidade de comunicação centrado nas metodologias: Ambidestria Cerebral e Storytelling.

Read More


Desde pequeno sempre fui extremamente curioso, o que me tornou num questionador nato. Passei a minha vida inteira perguntando como e porquê as coisas funcionam. Como um profissional da área de exatas, a minha curiosidade sempre esteve voltada para as questões matemáticas, físicas e químicas que possibilitavam desvendar o funcionamento de máquinas e mesmo de alguns fenômenos da natureza.

Confesso que jamais tinha imaginado que, um dia, o objeto alvo da minha curiosidade seria a mente humana. Tenho me dedicado, veementemente, em aprender e conhecer, a cada dia, um pouco mais sobre esse conjunto biomecânico programado por razões e emoções que chamamos de ser humano.

Reforço que este texto não tem a presunção de formular equações que possibilitem o entendimento do nosso consciente de forma a predizê-lo. O principal intuito aqui é apresentar o funcionamento, cientificamente comprovado, de como e porquê fazemos nossas escolhas e quais os impactos que isso traz para nossa vida pessoal e profissional.

O primeiro passo para conseguirmos desenvolver e usufruirmos dos benefícios da Procrastinação Produtiva, de forma realmente eficaz e sustentável, é entender, na íntegra, o que é procrastinação e porquê procrastinamos. Para isso, vamos entrar um pouco no campo da fisiologia cerebral e entender como essa máquina fantástica funciona.

Pesquisas sobre as raízes fisiológicas da procrastinação, na sua grande maioria, focam-se no envolvimento de uma área do cérebro que é responsável pelo planejamento, controle de impulsos e atenção, conhecida como córtex pré-frontal, essa região atua como um filtro diminuindo estímulos que causam distração.

Atualmente, estamos vivendo em um bombardeio de distrações altamente prazerosas. No apíce da era do big data, as distrações possuem até notificações que podem ser sonoras, mecânicas, através dos dispositivos vibradores e mesmo luminosas. Alguns aparelhos praticamente viram uma discoteca quando recebem uma mensagem de whatsapp.

Resumindo, basicamente temos uma parte do nosso cérebro que faz um filtro do que gera ou não gera prazer e, a partir disto, direcionamos nossas escolhas, obviamente, para o que é mais prazeroso.

A grande armadilha deste filtro é que, nem sempre, o que nos gera um prazer imediato traz consigo os benefícios que estamos a procura para as nossas vidas. Vamos lá a alguns exemplos:

  1. Para maioria da pessoas é muito mais prazeroso ir à praia do que ir ao trabalho, obviamente, com exceção daquelas que trabalham na praia. Entretanto, ir à praia todos os dias não traz os benefícios do trabalho, como estabilidade financeira e plano de saúde;
  2. É extremamente mais prazeroso navegar pelo facebook e se atualizar de todos os posts dos seus amigos do que dar baixa, ler e direcionar todos os 1200 emails que você recebeu durante as suas férias. Fato é que, 1 destes 1200 emails se, lido com antecedência, pode evitar possíveis constrangimentos no trabalho.

Se tivéssemos que conceituar o que é procrastinar, seria exatamente o que foi exposto no exemplo número 2, ou seja, deixar de fazer algo que não te gera prazer para fazer algo prazeroso, mesmo que momentâneo.

É em cima deste ponto que construí os 4 pilares da Procrastinação Produtiva:

  1. Criar um lista de tarefas;
  2. Definir afinidade;
  3. Priorizar;
  4. Ordenar a lista considerando prioridade e identificando afinidades.

A prática diária dessa metodologia aumenta a capacidade de uma pessoa de filtrar estímulos que causam distração e perda de atenção melhorando o seu foco e aumentando a sua produtividade.

Estudos científicos apresentam que nossa performance melhora, significativamente, quando temos injeções de doses moderadas de prazer em intervalos regulares durante o dia. Essa é uma das grandes sacadas deste método, você acaba proporcionando prazer produtivo.

O segredo dessa ferramenta é que ela nos permite procrastinar de uma forma mais inteligente, uma vez que você definiu uma lista de tarefas, devidamente priorizada, e com afinidades identificadas. Quando estiver de “saco cheio” de uma determinada atividade, você pode paralisá-la, momentaneamente, e ir para uma das suas outras atividades prioritárias que tem mais afinidade e, portanto, lhe trará mais prazer, deixando o seu cérebro mais estimulado para para terminar a atividade não tão agradável posteriormente.

Assista o video abaixo e veja, passo a passo, como aplicar essa metodologia.

 

Para finalizar, gostaria de deixar uma reflexão. Existe um fato inegável dentro do mundo profissional. Todos os trabalhos, seja ele o emprego dos sonhos como cantor, jogador, escritor ou demais empregos para nós, meros mortais, eles são compostos de atividades que gostamos e de que não gostamos de fazer. Seja no emprego dos sonhos ou seja num trabalho digno qualquer, sempre terão atividades que não nos geram prazer que são, entretanto, essenciais para o bom desempenho da sua performance nesse cargo.

Caso você esteja em um emprego de que você não goste de 100% do que estiver na sua lista de tarefas, aí, você tem um problema de propósito, um item extremamente importante que daria para escrever um outro artigo.

A forma como lidamos com essas atividades, tanto pela maturidade em saber que elas vão sempre existir e que apesar de desagradáveis são importantes para o negócio e, por consequência, para sua carreira, quanto em saber como preparar e estimular o nosso cérebro para lidar com essas atividades é, sem sombra de dúvidas, o grande diferencial dos melhores profissionais do mercado.

Gostaria de saber da sua experiência em aplicar essa ferramenta. Aplique e comente aqui como foi a sua, será um prazer poder lhe ajudar de alguma forma!

Read More


Hoje conheci um personal trainer e fiquei impressionado com sua história. Ele não aguentava mais o seu emprego, morava em uma cidade que odiava e apesar de ter formação em Educação Física, trabalhava em uma área nada a ver. O único motivo de ter aceitado o seu último emprego foi porque acreditava que não encontraria emprego na sua área por estar acima do peso. Após 3 anos, o stress começou a consumí-lo, ele que já estava acima do peso, engordou 25 Kg.

Chegou a conclusão que o dinheiro não valia mais a pena. Abandonou o emprego, saiu de uma casa simples, no interior de Minas e começou a buscar opções de moradia em apartamentos de alto padrão em condomínios fechados na região metropolitana de BH. Suas economias eram suficientes para permanecer apenas 3 meses nestas condições.

Sabe qual foi o seu critério para escolher sua moradia?

  1. Se o local tinha uma boa academia
  2. Qual era o volume de crianças e idosos como moradores

Quer saber qual foi o resultado? Hoje ele trabalha como personal trainer especial para crianças e idosos, faz isto sem sair de casa, ganha 10 vezes mais do que ganhava no seu antigo emprego, está 35 Kg mais magro e 1.000.000 de vezes mais feliz.

OPORTUNIDADE A GENTE NÃO APROVEITA, CRIA!

Read More


O video abaixo traz uma excelente reflexão sobre como estamos tratando a gestão de performance e desenvolvimento de pessoas dentro das nossas organizações.

Neste episódio os professores da escola de Springfield entram em greve. Com a escola fechada as crianças fazem o que querem. Algumas jogam video game, outras se dedicam a travessuras. Lisa Simpson entra em pânico e acredita que não conseguirá progredir se não for avaliada por alguém, torna-se praticamente obsessiva com a ausência de um sistema de avaliação.

Há um pouco de Lisa Simpson em todos nós. Quando crianças, fazemos filas nas escolas em ordem crescente de altura. Recebemos notas e conceitos. Mais velhos, prestamos vestibular e somos comparados com alunos do país inteiro. Entramos no ensino superior conscientes da avaliação de nossa universidade. Passamos os primeiros 20 anos sendo comparados com outras pessoas. Não é de se admirar que, quando ingressamos no mercado de trabalho, tentamos recriar essas mesmas condições dentro do nosso ambiente corporativo.

A melhoria do desempenho deve estar focada no crescimento pessoal, não em avaliações e recompensas.

 

 

Read More


O maior desafio para a maioria das pessoas é falta de uma referência que indique em que momento elas deixaram de ser produtivas. Muita gente vive num estado de semi-estresse com tanta consistência, e por tanto tempo, que não sabe que as coisas podiam ser diferentes. Existe um modo mais positivo de se engajar.

Em um mundo em constantes mudanças a valorização de softskills como a capacidade de gestão do tempo e produtividade pessoal transformaram-se em um grande diferencial para profissionais que trilham o caminho do sucesso, tanto para empreendedores, quanto para profissionais que atuam dentro dos mais diversos segmentos do mercado.

No dia 07/11/2018, estarei em Brasília, realizando em parceria com Amcham-Brasil a palestra ALTA PERFORMANCE – FERRAMENTAS PRÁTICAS PARA O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE PESSOAL, um evento que nos convida a refletir sobre como e quanto estamos sendo produtivos, analisando qual a nossa capacidade existente, bem como a forma que podemos utilizar e maximizar o real potencial produtivo da nossa mente.

Read More


Há dois meses Elon Musk, fundador e CEO da Tesla, fez uma declaração no twitter, dizendo que iria fechar o capital da empresa. Esta ação fez a cotação dos papeis da organização disparar quase 11%. Semanas após anunciar o fechamento do capital, Musk voltou atrás e disse que o melhor caminho para a Tesla era continuar na Bolsa de Valores.

Ontem, 27/09, a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) acusou Musk de fraude. O órgão equivalente a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no Brasil, afirmou que o CEO agiu de forma “temerária”, que sua mensagem era “falsa e enganosa” e que com esta ação prejudicou investidores da empresa.

Em resposta a acusação Elon declarou: “Essa ação injustificada da SEC me deixa profundamente triste e desapontado. Sempre tomei medidas para a verdade e transparência. A integridade é o valor mais importante da minha vida e os fatos vão mostrar que nunca comprometi isso”.

Esta não é a primeira vez que Musk tem problemas com uso da rede social.

Vale a pena a reflexão, você pode não ser o Elon Musk e as consequências podem não ser tão danosas quanto essa, mas, é sempre bom ficar atento em que está postando e nas possíveis consequências para sua carreira e/ou negócio.

Read More


Estamos fechando o 3º trimestre deste ano e a grande maioria das empresas começa, no próximo trimestre, o planejamento/revisão de metas para o próximo ciclo anual.

Um dos maiores desafios para este momento, é fazer com que toda a liderança da empresa crie indicadores que conversem com a estratégia e garantir que o nível operacional (chão de fábrica) tenha uma percepção clara da conexão das suas tarefas diárias com os respectivos indicadores da sua área, entendendo, desta forma, o seu real papel e o valor do seu trabalho dentro da organização.

Uma metodologia bem interessante para auxiliar na superação deste desafio são os OKR’s (Objective Key Results).

Inventado na Intel pelo CEO, Andy Grove, e levado ao Google pelo capitalista de risco, John Doerr, os OKR’s acompanham as metas individuais das equipes e da empresa expondo os resultados de uma forma aberta e transparente. Doerr resume este indicador da seguinte maneira:

“Os objetivos são o que a empresa quer fazer e os “key results” são a maneira de atingir os objetivos medidos por indicadores.”

Quer saber como este método pode revolucionar a forma que o seu negócio mede e gera resultados?

Read More


Viajar se tornou parte do meu business, seja para atender um cliente ou para participar de um evento qualquer.

Meu budget de viagem se tornou assunto em rodas de conversa.

Semana passada precisei viajar de FLN para GRU para um evento de 2 dias, a economia foi de:

💲7% em passagens aéreas
💲66% em hospedagem
💲81% em deslocamentos

As pessoas sempre me perguntam como consigo viajar tão barato. Por isto resolvi escrever este post com algumas dicas das ferramentas que uso.

1. Utilizo o Skyscanner para encontrar a passagem área mais barata, sempre faço um cross check no site da MaxMilhas, um site de compra e venda de milhas que acaba ofertando preços mais em conta.

2. Em deslocamentos, principalmente do aeroporto para o ponto de hospedagem, uso o app Citymapper, uma solução muito eficaz para utilizar transportes públicos, desço em uma estação de metrô ou conexão aeroporto o mais próximo possível do local onde vou hospedar e somente ali pego um Uber!

3. Uso o Airbnb para escolher o local de hospedagem. Diferentemente do hotel, este sistema é pulverizado em toda cidade, opto por uma acomodação que não supere a distância de 1 km de onde o evento acontecerá, permitindo que eu faça este trajeto a pé diariamente.

Read More