Ontem estava batendo um papo com um amigo, ele é um dos proprietários de um empreendimento que fica próximo de onde moro.

Há alguns meses, ele me apresentou um gerente que tinha acabado de contratar, um cargo que ainda não existia dentro da empresa deles. Estava muito feliz, pois tinha conseguido contratar o rapaz de uma grande rede, que tem um excelente conceito em atendimento, algo que possui muita sinergia com o negócio.

Na época lhe perguntei por que não havia aproveitado uma das pessoas, que já trabalhavam no local, para assumir esta nova função. As atribuições do gerente eram muito próximas do que alguns colaboradores faziam. Ele me respondeu que não via dentro do quadro de funcionários alguém com compatibilidade para assumir aquela responsabilidade.

No nosso último encontro, percebi que o gerente não estava no recinto e perguntei o que tinha acontecido. Respondeu que não havia dado certo, o rapaz não tinha durado nem o tempo mínimo de experiência. Lamentou o quanto tinha errado na contratação, relatou todo o problema e me perguntou o que achava.

Disse: Se você acha que não foi capaz, durante 2 anos, de desenvolver e formar um gerente, o que te faz pensar que teria assertividade ao contratar um?

14 View

Leave a Comment