A administração por comando e controle é comum na grande maioria dos negócios, não apenas por ser lucrativa e exigir menos esforço, mas, também, pela enorme dificuldade em lidarmos com a alternativa a isso. É muito mais fácil dirigir uma equipe que sempre faz o que se pede e nunca questiona a razão ou o motivo do líder, do que ter que explicar a todos o porquê fazer isso e não aquilo.

Segundo Steve Jobs:

“Não tem sentido contratar pessoas inteligentes, e depois lhes dizer o que deve ou não fazer!”

Sempre acreditei que administração por comando e controle oferecia pouca liberdade e não permitia o real compartilhamento de propósitos e conhecimentos entre todos os integrantes da equipe, sem quaisquer restrições por cargos e hierarquia.

O grande e verdadeiro papel da liderança é eliminar os obstáculos e inspirar pessoas. A melhor forma de fazer isto é inverter o conceito da hierarquia dando mais valor para base do que para o pico da pirâmide criando um ambiente de gestão compartilhada com altos níveis de engajamento e produtividade.

Esta foto de 2015, foi a primeira apresentação que fiz a equipe do organograma que montei para área onde atuava.

14 View

Leave a Comment