O video abaixo traz uma excelente reflexão sobre como estamos tratando a gestão de performance e desenvolvimento de pessoas dentro das nossas organizações.

Neste episódio os professores da escola de Springfield entram em greve. Com a escola fechada as crianças fazem o que querem. Algumas jogam video game, outras se dedicam a travessuras. Lisa Simpson entra em pânico e acredita que não conseguirá progredir se não for avaliada por alguém, torna-se praticamente obsessiva com a ausência de um sistema de avaliação.

Há um pouco de Lisa Simpson em todos nós. Quando crianças, fazemos filas nas escolas em ordem crescente de altura. Recebemos notas e conceitos. Mais velhos, prestamos vestibular e somos comparados com alunos do país inteiro. Entramos no ensino superior conscientes da avaliação de nossa universidade. Passamos os primeiros 20 anos sendo comparados com outras pessoas. Não é de se admirar que, quando ingressamos no mercado de trabalho, tentamos recriar essas mesmas condições dentro do nosso ambiente corporativo.

A melhoria do desempenho deve estar focada no crescimento pessoal, não em avaliações e recompensas.

 

 

13 View

Leave a Comment