A perfomance da equipe está intimamente atrelada a capacidade do gestor em criar um ambiente de cooperação mútua dentro da equipe com transparência, confiança e meritocracia, permitindo o livre fluxo e combinação das ideias dos menos experientes, com a vivência e aplicação prática dos mais maduros.

Respondi recentemente um post que fazia uma provocação sobre a necessidade de termos uma fiscalização sobre o nosso trabalho.

Ao invés vez de fiscalização, deveria ter um orientador, alguém em quem as pessoas confiam, aceitando e mesmo exigindo insights e feedbacks para melhorar o trabalho e cumprir os prazos. Quanto mais autonomia e confiança dermos para as pessoas mais elas vão se esforçar para produzir além das expectativas.

Esta filosofia de gestão não depende do tipo de negócio ou cultura do país, mas do tipo de pessoa que está na liderança e no seu desejo de transformar esta filosofia de gestão em uma cultura organizacional.

Conciliar diferentes gerações em um mesmo ambiente de trabalho, extraindo o que cada profissional tem de melhor e equilibrando os potenciais individuais em função do bem estar coletivo é a maior e mais valorizada competência de um líder.

11 View

Leave a Comment